Mamães multitarefas
Apesar dos desafios, mulheres se desdobram para conciliar trabalho e cuidado com filhos 09/05/2018 05:27
» Juliana Coutinho
Com uma carga horária menor e mais flexível, não é difícil ver mulheres que são mães atuando no setor de contact center. Ainda que tenha seus desafios, elas conseguem equilibrar o trabalho e os cuidados com os filhos. É o caso de Ana Paula Arcanjo, que tem uma filha e atua como team leader na Concentrix. "É um grande desafio que é preciso enfrentar todos os dias, deixar o cansaço de lado e partir para a luta. Contudo, me sinto extremamente energizada quando chego em casa sabendo que tem alguém me esperando com os olhos brilhando ao me encontrar", conta.

Ela revela que se sente feliz, sabendo que pode ser uma ótima profissional no mercado de trabalho e, ao mesmo tempo, melhorar a qualidade de vida da filha. "Me motivo todos os dias a dar o meu melhor por ela. Já faz parte da minha rotina executar várias atividades ao mesmo tempo e é isso que move minha mente e me faz sentir viva."

A gerente de marketing da Concentrix, Juliana Coutinho, que também é mãe, comenta que as mulheres estão cada vez mais presentes no mercado de trabalho de uma forma geral, e que o setor é uma ótima opção para aquelas que já possuem filhos. "Acredito que a maior vantagem para as mães seja a flexibilidade para conciliar a rotina com os filhos e o trabalho."

A Concentrix, por exemplo, oferece flexibilidade para que elas consigam conciliar a rotina pessoal com a profissional, e as operadoras também têm carga horária de trabalho reduzida. "Quem é mãe, como eu, sabe que essa é uma tarefa difícil muitas vezes, e o setor proporciona mais tranquilidade para as profissionais. Na Concentrix oferecemos auxílio creche até os 48 meses também com o objetivo de apoiar e incentivar as mamães", completa.

Dentro disso, ela acredita que o maior desafio para as mães que escolheram estar no mercado de trabalho seja o equilíbrio. "O maior desafio, em minha opinião, está em manter a vida familiar e a vida profissional equilibradas - com qualidade de vida e, mais do que isso, com qualidade no tempo em que você passa em casa e no trabalho." Essa, inclusive, é uma das vantagens destacada por Ana Paula, que escolheu trabalhar no setor não só pela facilidade de comunicação que possui, mas principalmente porque tem mais tempo para outras tarefas. "A carga horária de call center contribui bastante para a execução do papel de mãe", explica.

Além das ações para facilitar a vida das colaboradoras que possuem filhos, a Concentrix criou a campanha "Eu curto a minha mãe" para comemorar o Dia das Mães. Os colaboradores foram convidados a enviarem fotos com as mães e as colaboradoras que são mães a mandarem foto com seus filhos. Além da homenagem na página do Facebook da empresa, a empresa terá uma premiação especial para a foto que tiver o maior engajamento.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/