| Sexta-Feira - 15/12/2017
Pesquisar: busca:
A sua melhor opção
As vantagens de ter um time jovem
CEO da VGX destaca os ganhos de possuir profissionais, na sua maioria, com menos de 24 anos 16/08/2017 04:35
» Victor Felipe Oliveira
O mercado de call center é conhecido por ter um time formado, em sua maioria, por jovens. O setor tem sido a porta de entrada e a primeira oportunidade no mercado de trabalho para muitos deles. Na mineira VGX Contact Center, por exemplo, 85% dos colaboradores têm até 24 anos. O que por um lado traz um desafio, por outro também traz grandes vantagens. "Um grupo jovem traz dinamicidade, novas ideias, argumentação e reflexão sobre as constantes mudanças pelas quais o mercado passa", destaca Victor Felipe Oliveira, CEO da VGX. Dentro disso, a empresa busca sempre convidar os profissionais a se envolverem e a participar de projetos e metas. "É um time que se sente parte integrante e fundamental nas conquistas da empresa."

Ele explica que o perfil questionador do jovem significa envolvimento. Assim, a VGX trabalha em equipe, buscando nos colaboradores o potencial criativo de cada um. "As perguntas são sempre bem-vindas, pois assim eles se sentem ouvidos e se tornam mais participativos. O questionamento faz parte desse trabalho de compartilhar sugestões nas rotinas dos setores", acrescenta. O executivo reforça ainda que os jovens têm uma capacidade de aprendizado intensa e rápida, pensamento globalizado, são mais abertos a inovações e menos preconceituosos em relação à diversidade. "Isso se reflete de forma muito positiva para as empresas."

Claro que isso demanda alguns cuidados. Oliveira cita que os gestores precisam ser mentores, apontando aos colaboradores o direcionamento para o crescimento profissional. Além disso, é preciso reconhecer, entender as demandas desses jovens. "Ou seja, os gestores devem assumir uma conduta receptiva para esse perfil de colaborador." Outro ponto é reforçar a habilidade de ouvir e trocar experiências. Segundo o executivo, as chances de ganho são consideráveis quando todas as partes se escutam, entendem processos e estão abertas.

No caso da VGX, o CEO aponta que há um tratamento humanizado aos colaboradores. A motivação é diária, em ações como treinamentos, entrega de prêmios, bonificações e oferta de conhecimento por meio da Universidade VGX, plataforma interna de ensino, além dos demais benefícios, como vale-transporte, ticket refeição, plano de saúde e auxílio creche.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/