| Domingo - 25/06/2017
Pesquisar: busca:
Uma relação de carinho com as mães
Programa AeC Vida acompanha gestantes da empresa com apoio médico e psicológico 06/05/2015 12:35
» Tayzza e Soraia
Nos dias de hoje, a maioria das mulheres não pode se dar ao luxo de ter filhos e ficar em casa, afinal muitas são os arrimos da família. Agora, ela divide as contas e na hora que o marido perde o emprego, é quem sustenta a casa. Nesse cenário, o setor de contact center surge como uma ótima opção para as mães que precisam trabalhar, já que possui características que se encaixam nas necessidades delas. Além de ser meio período, a atividade gera oportunidades de rápido crescimento. "Muitas conseguem construir carreira dentro das empresas. Elas vêem que pode melhorar a qualidade de vida da família", destaca Soraia Lemos, gerente executiva de RH da AeC.

Atendente de contact center há um ano e quatro meses e mãe de um filho de seis meses, Tayzza Mayara Cavalcante de Lima reforça isso, ao afirmar que a questão da carga horária facilita muito, pois consegue ficar a maior parte do dia com o filho, dando toda atenção necessária. "O salário também é gratificante, ainda mais quando se trabalha em um setor comissionado, em que sua renda mensal pode aumentar de acordo com seu desempenho." Ela acrescenta ainda o fato de ter sua carteira assinada, o plano de saúde que cobriu todo o pré natal e a gravidez, além de poder incluir também seu filho no plano, e o auxílio-creche, etc. "Me identifico ainda muito com o trabalho até mesmo pela oportunidade de crescimento que a AeC oferece", completa.

Dentro disso, a gerente executiva de RH, conversando com as mães, percebeu que elas acreditam muito no futuro dentro da AeC. "Essa crença de que o futuro vai dar certo é muito importante. Muitas podem questionar se tudo o que fazem vai valer a pena e as mães da AeC têm certeza de que vai. Elas são corajosas e acreditam nas oportunidades que a empresa abre para elas." Soraia acredita que, quando a mãe percebe que a empresa está apoiando, ela fica mais forte e enfrenta todos os desafios pessoais e profissionais, crescendo dentro da companhia e melhorando a vida da família.

Em função disso, a AeC resolveu propor uma relação de carinho com as mães. "A empresa saiu do discurso e foi para a prática para fazer com que toda a história da colaboradora valha a pena", conta a executiva. Assim, a empresa criou o programa AeC Vida, que acompanha todas as gestantes da empresa, durante todos os nove meses, dando apoio médico e psicológico. A colaboradora recebe, inclusive, um crachá especial, mostrando que ela carrega uma vida em seu ventre. Quando o bebê nasce, essa mãe recebe um kit de presente, com vários mimos para a criança, dentre eles um body da empresa. O bebê também é acompanhado durante os primeiros meses de vida e a mãe recebe auxílio-creche. "Quando se entende que a mulher está vivendo um momento especial, a maternidade, mas que tem que ir para o mercado de trabalho, a gente dá forças para que saiba que a criança pode ter o melhor", explica.

Como complemento desse cuidado, a AeC preparou várias ações para o Dia das Mães desse ano. Todas as colaboradoras mães e grávidas receberão um colar com pingente banhado a ouro. No total, foram 9.700 pingentes distribuídos. As gestantes também ganharam de presente um minibook, após uma sessão de fotos realizada em um estúdio montado em sua unidade. "Além disso, em todas as cidades em que atuamos, mães de atendentes irão fazer uma visita aos filhos, para participarem de um dia pensado especialmente em recebê-las. Muitas delas se orgulham de ver os filhos trabalhando em um dos maiores contact centers do país e gostariam de saber qual é o ambiente em que eles passam boa parte do dia", finaliza Soraia.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/