Take fecha parceria com WhatsApp
Empresa será a provedora oficial da solução Business no Brasil 01/08/2018 01:37
» Roberto Oliveira
A Take anunciou que será provedora oficial do WhatsApp Business Solution. Ao contrário do WhatsApp Business App, divulgado no início deste ano com foco em pequenas e médias empresas, o WhatsApp Business solution é voltado para a comunicação entre grandes organizações e seus clientes, e possui disponibilidade limitada - ou seja, a aprovação do WhatsApp será necessária para todos os clientes interessados.

O serviço acontecerá, inicialmente, de duas maneiras: atendimento aos clientes, que será realizado de forma gratuita para respostas em até 24 horas, e envio de notificações pagas, com mensagens informativas para aumentar o engajamento dos consumidores. Para as empresas, a solução permitirá que elas ampliem a presença digital e que gerenciem e registrem melhor suas conversas com os clientes.

"Vamos auxiliar as empresas a migrarem seus números fixos para o WhatsApp, atendendo os clientes pelo aplicativo. Além disso, utilizaremos nossa plataforma BLiP e suas diversas ferramentas para incorporar atendimento humano e automatizado, analisar dados e métricas das conversas, evoluindo a comunicação entre organizações e clientes", explica Roberto Oliveira, CEO da Take.

Cemig, Grupo Recovery, Minutrade e BLiP são algumas das marcas que já contam com o auxílio da Take no novo serviço, e, ainda de acordo com Oliveira, assim como as empresas atualmente têm diversos números de telefone para atenderem seus clientes, em breve elas terão inúmeros contatos oficiais no WhatsApp. "As empresas têm muitas necessidades diferentes, e agora o leque de opções irá crescer de forma infinita. Já existem coisas simples que podemos automatizar facilmente, como definir respostas automáticas para atendimentos fora do horário de expediente da empresa e algumas outras mensagens que vão agilizar esse atendimento. O mais importante é que agora temos a oportunidade de criar diversas interações que irão deixar o processo mais seguro e eficiente", finaliza o CEO da Take.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/