Intelbras cria projeto de inovação corporativa
Programa integra colaboradores de diferentes áreas para vivenciar mundo das startups 01/10/2018 02:35
» Altair Silvestri
A Intelbras aposta em intraempreendedorismo para auxiliar no crescimento, implementando projeto de inovação corporativa. O programa, batizado de Intelbras Lab, abrigou 13 equipes que trabalharam como startups, focando em colaboradores de diversas áreas ligadas a produto, para alavancar o potencial e, consequentemente, gerar uma atmosfera de troca de ideias e colaboração. O programa reuniu 100 colaboradores e teve uma duração de 10 semanas com carga horária em torno de 135 horas.

"O programa realiza o intercâmbio entres os diversos departamentos da empresa e traz novas práticas de mercado para o coração da companhia, incentivando a atuação no campo e o contato direto com o consumidor para validar ideias", comenta Susana Brockveld, diretora de marketing da Intelbras. Ela conta que, no período do programa, a empresa incentivou colaboradores a dedicarem cerca de 15% do tempo para explorar novas ideias, extrapolando o ambiente de trabalho, frequentando coworkings, respirando novos ares, para assim alinhar nosso potencial interno com as necessidades e demandas do mercado.

O Intelbras Lab foi inspirado em startups weekends internacionais e totalmente cocriado a partir do interesse dos próprios colaboradores, que participaram de reuniões e apontaram o caminho do programa. Palestras e workshops com profissionais referência nos temas design thinking, canvas, MVP, lean, cloud, inbound sales, pitch e métricas de negócios proporcionaram embasamento acadêmico e de mercado, aplicando conceitos usados no Vale do Silício e outros berços de startups. O Senac Santa Catarina também atuou como parceiro do Intelbras Lab, fornecendo apoio pedagógico e acadêmico por meio de mentorias e interface com os palestrantes. "Confiar nas pessoas, deixá-las inovar, ouvir, acreditar na diversidade e investir na troca de experiência. Esse é o espírito do Intelbras Lab", afirma Aluísio Maykot Serafim, coordenador do programa.

Os grupos trabalharam no desenvolvimento de novos produtos que exploram, por exemplo, tecnologias IoT e cloud e a aplicação em residências, empresas e condomínios. As equipes apresentaram seus projetos a "investidores", formados pela alta direção da empresa. Os colaboradores participantes foram premiados em evento, realizado na ACATE - Associação Catarinense de Tecnologia, casa de centenas de startups sediadas em Florianópolis. 
 
O grande objetivo do programa é manter ativo o DNA de inovação e a implementação de novas ferramentas de trabalho, em sintonia com práticas mundiais. Algumas das ideias concebidas já estão sendo absorvidas pelas unidades de negócio e estudadas para serem oferecidas ao consumidor final. "Uma indústria de tecnologia não pode deixar de praticar a inovação, e a Intelbras sempre fez isso por meio do desenvolvimento dos seus colaboradores e investimento em projetos como o Intelbras Lab", conclui Altair Silvestri, presidente da Intelbras.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/