Teleinformações encerra atividades
Empresa pernambucana fecha sob protestos de funcionários 08/01/2018 11:22
A empresa de telemarketing Teleinformações, do Recife, encerrou as atividades na última quarta-feira (3), de acordo com matéria do portal Folha PE. O fechamento aconteceu sob protesto dos funcionários, que a acusam de não pagar o salário de dezembro, não dar férias, más condições de trabalho e não dar baixa nas carteiras de trabalho. A empresa justifica o fechamento por "falta de pagamento da Vivo, por recomendação do Sinttel-PE [Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações de Pernambuco], e devido à recusa dos funcionários em logar para vendermos". O comunicado divulgado diz ainda que uma solução judicial será procurada.

Os funcionários alegam que o contrato com a Vivo chegou ao fim e, por isso, foram demitidos. Um bloqueio de R$ 2 milhões da Vivo, após o fim do contrato, seria o motivo do não pagamento aos operadores. Um aviso divulgado pela Teleinformações na terça-feira (2) informava que nenhum trabalhador havia sido demitido e que não era possível afirmar se o salário de dezembro seria depositado, por conta da dívida da Vivo com a empresa. "Se a Vivo pagar a nota e o pessoal logar, vou pagar todo mundo normalmente dentro da lei, como sempre venho pagando e comprovando minha idoneidade. Pagamos todos os salários do ano passado, pagamos décimos dos operadores no prazo e agora estamos sendo prejudicados pela retenção da nota da Vivo", diz o anúncio. No dia seguinte, um outro anúncio informou o encerramento das atividades.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/