| Quinta-Feira - 21/09/2017
Pesquisar: busca:
Arsesp lança aplicativo
Consumidores podem reclamar e obter orientações sobre serviços públicos 16/03/2017 01:06
Com o intuito de orientar e solucionar problemas dos consumidores sobre os serviços de saneamento básico, gás canalizado ou energia elétrica, a Arsesp, Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo, lança seu aplicativo oficial, já disponível nas plataformas IOS e Android. "A Arsesp, com essa ferramenta, simplifica e torna mais acessível o atendimento aos consumidores desses serviços públicos, aproximando mais a agência do cidadão", afirma Paulo Athur Góes, diretor de Relações Institucionais. O app foi desenvolvido pela Prodesp, Cia. de Tecnologia de Informação do Estado de São Paulo, com coordenação das áreas de Tecnologia da Informação, do Serviço de Atendimento ao Usuário e Comunicação, e supervisão da Superintendência da Diretoria de Relações Institucionais da Agência.

Com interface simples de navegação, o aplicativo permite ao consumidor registrar a reclamação sobre os serviços de saneamento básico, gás canalizado ou energia elétrica, consultar seu andamento, encaminhar fotos e, também, conhecer os principais direitos e deveres dos consumidores. Ele também traz dois grandes diferenciais: o primeiro é que todos os registros e protocolos ficarão armazenados no celular, assim o usuário não precisa se preocupar em anotar os números de protocolo. O segundo diferencial é que os consumidores poderão consultar o passo a passo de todas as suas queixas registradas, como por exemplo: se a Arsesp já analisou o pedido, se já solicitou análise de sua reclamação à concessionária e qual a posição final sobre cada caso.

Baixando o aplicativo em seu celular ou tablet, o consumidor irá visualizar logo na primeira tela os setores regulados pela Arsesp. Em saneamento básico e gás canalizado o procedimento é o mesmo: o consumidor que, por exemplo, desejar "registrar uma reclamação" poderá entrar com o protocolo da concessionária ou prestador de serviços e, assim, continuar o seu cadastro. Mas, se o consumidor não tiver o número do protocolo, sua solicitação será direcionada para tratamento inicial da concessionária. Lembrando que a Arsesp orienta os consumidores a buscarem o primeiro atendimento nos canais disponibilizados pelas concessionárias ou prestadoras de serviços que atendem a sua cidade. Para registrar reclamação sobre energia elétrica, o aplicativo redirecionará o consumidor direto para o Espaço do Consumidor no site da Aneel - Agência Nacional de Energia Elétrica. Vale ressaltar que a Arsesp atua, por meio de delegação da Aneel, na fiscalização das distribuidoras de energia elétrica, PCHs e PCTs, situadas no Estado de São Paulo. Por este motivo, as solicitações de reclamação são registradas no sistema da Agência Federal.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/