Nuvem de cara nova
Google Cloud anuncia novo diretor de vendas para Latam 23/10/2017 02:16
» João Carlos Bolonha
Como parte das ações locais da área de Cloud, o Google anuncia a chegada de João Carlos Bolonha como diretor de vendas para a América Latina. Com 20 anos de experiência, o executivo possui especialização em liderança organizacional pela Georgetown University, MBA pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), graduação em computação pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e é formado pela Escola Técnica Estadual de São Paulo (ETESP). Nos últimos anos, Bolonha esteve à frente da operação de soluções Cloud da Microsoft, onde foi responsável pela implementação da área.

"O Google está vivendo um momento único no mercado, com a estruturação de componentes essenciais para o negócio, com o pagamento em moeda local, políticas comerciais e de governança simples, o que traz mais segurança e velocidade de adoção aos nossos parceiros e clientes", afirma Bolonha.

Para Bolonha, hoje, o maior desafio das empresas é se organizar para incorporar as tecnologias de computação em nuvem, que estão em constante evolução. Para atingir esse objetivo, muitas corporações tradicionais estão rompendo barreiras, sejam culturais ou de governança, pois sabem que a adoção da tecnologia é um caminho sem volta. "O meu objetivo será impactar os clientes desta nova região de Cloud para que consigam absorver ao máximo os benefícios da nuvem", explica. 

Entre as tendências que devem impactar o mercado brasileiro está o aumento de modelos de negócio 100% baseados na nuvem, uma realidade já comum para muitas startups brasileiras, mas que deve se estender rapidamente. Bolonha acredita que haverá, nos próximos anos, um aumento exponencial de empresas disruptivas habilitadas pela nuvem, em diversos setores. Com relação às empresas tradicionais, o executivo acredita que devam ter uma escala mais clara e acelerada na nuvem. 
 
Recentemente, o Google anunciou o lançamento de uma região de Cloud aqui no Brasil, para atender clientes da América Latina. Entre os diferenciais anunciados estão a redução de até 95% na latência e a cobrança em reais, que facilitou e democratizou a contratação de serviços de Cloud no país.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/