Tellus assume controle da TMS
A aquisição faz parte da expansão latina da Tellus/TRG 29/10/2009 11:59
Depois de alguns meses de conversações, a Tellus Latin America divulga para o portalCallcenter.inf.br que assumiu o controle acionário da TMS Call Center. Confirmada pelo novo presidente da companhia, Guilhermo Faria, e Diogo Morales, um dos fundadores da TMS, a informação estava sendo passada a todos os clientes e funcionários, conforme planejado. A princípio, de acordo com os dois empresários, a grande mudança é o novo porte da nova empresa somando mais de 5 mil posições de atendimento com 7 mil funcionários. Eles evitam falar em valores envolvidos. "Faz parte do acordo não divulgar", justifica Faria.
Fundada em 2003, a Tellus iniciou suas operações focadas em help desk e adquiriu a Public Contact Center.
 
Para ampliar o foco, recebeu em 2005, investimentos do grupo americano TRG (The Resource Group), transformando-se em um projeto com visão latino americana. Como parte da estratégia adquiriu uma operação no Peru, hoje Tellus Peru, com 1,4 mil posições de atendimento, dedicada mais a operações offshore (em espanhol e inglês) que propriamente ao atendimento local. A expansão deve seguir não apenas pelo Brasil, onde Faria diz planejar ampliar em mais 1 mil posições de atendimento no primeiro trimestre de 2010, mas em outros países da região. Ele adianta, por exemplo, que está em negociações adiantadas para adquirir outra operação em um país vizinho. Na realidade, de acordo com ele, essa expansão faz parte da estratégia regional da Tellus para oferecer serviços BPO e offshore, já oferecidos no Peru a grandes empresas dos setores de Telecomunicação, Financeiro e de Montadoras.
 
A alteração de controle, porém não deve resultar em mudanças de gestão. "As pessoas-chaves da TMS permanecerão em plena e integral atividade na empresa, e suas operações prosseguirão normalmente, sem qualquer alteração nos princípios profissionais construidos ao longo de 10 anos e levaram a empresa a uma posição de incontestável prestígio de mercado", afirmam. Pelo contrário, justifica Faria. A empresa passa a desfrutar de benchamarking internacional para ampliar sua expertise. Diogo Morales, por exemplo, passa a responder pela área comercial e relacionamento com clientes.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/