Mary Kay dobra capacidade de atendimento
Companhia de venda direta de cosméticos registra bons resultados com Assistente Virtual Inteligente 06/07/2017 02:26
» Guilherme Porto
A Mary Kay, companhia norte-americana de venda direta de cosméticos, está comemorando os bons resultados alcançados com a adoção do Assistente Virtual Inteligente da Plusoft. Com a nova ferramenta, a organização mais do que dobrou a capacidade de atendimento de clientes e das consultoras da marca, obtendo um aumento de 257% na capacidade de atendimentos virtuais.

A implementação da solução faz parte da estratégia da Mary Kay para oferecer mais opções para a força de vendas independente. "Queríamos ferramentas que se adequassem perfeitamente às nossas necessidades, além de proporcionar maior mobilidade para nossas consultoras. Após muita pesquisa e visitas a fornecedores, decidimos que as soluções da Plusoft eram as que mais se encaixavam em nosso objetivo. Ao todo, foram nove meses de projeto. A partir daí, os resultados foram aparecendo de forma surpreendente, com destaque para o acerto semântico, que chegou a incríveis 82%", afirma Andrea Castejon, gerente sênior de customer service da Mary Kay.

O AVI é uma plataforma de chat robotizado projetada para interagir com clientes por meio de um avatar, capaz de atender as consultoras sem a necessidade de um agente humano de relacionamento. "Com o assistente virtual e sua integração com as demais ferramentas da Mary Kay, conseguimos resolver com mais agilidade, qualidade e eficiência uma série de desafios que antes eram solucionados por canal de voz", explica Andrea.

As demandas de maior complexidade, que não podem ser resolvidas pelo AVI, são direcionadas para o chat de atendimento humano - ferramenta também desenvolvida pela Plusoft. "Utilizamos o AVI para resolver casos mais simples, deixando os agentes humanos para atendimentos mais complexos, melhorando o atendimento por meio da automação. As duas iniciativas em conjunto, disponíveis no site e no aplicativo ´Minha Assistente MK´, proporcionam uma retenção de 93% das consultoras nesses canais, resultado muito maior que a nossa expectativa para um período tão curto de tempo", afirma a executiva.

Além de dobrar o número de atendimentos e de se tornar o canal mais acessado pelas consultoras da marca, o AVI propiciou uma redução de aproximadamente 70% no volume de e-mails se comparado ao mesmo período em 2016, antes da implantação das soluções. "Esses resultados foram alcançados graças à parceria das duas empresas e refletem o trabalho em conjunto e a sinergia de ambas em busca da excelência no atendimento ao consumidor, sempre oferecendo as soluções que mais se adequam ao perfil do usuário", explica Guilherme Porto, CEO da Plusoft.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/