Eficiência aprovada
Provider conquista troféu internacional com aposta em profissionais mais experientes 09/05/2013 06:11
» Cristiano Breder
Em um mercado onde os jovens são a maioria da mão de obra recrutada, a Provider procurou aliar a oportunidade com a experiência de vida, dando oportunidade para profissionais acima dos 40 anos. A estratégia deu tão certo que atravessou fronteiras, conquistando o troféu bronze no 2º Prêmio Latam, na categoria Melhor Administração de Capital Humano. "Participar de uma premiação é sempre uma oportunidade para rever nossa estratégia e medir nossa eficiência. Receber um prêmio como esse é um sinal claro de que estamos no caminho certo e renova nosso compromisso com os colaboradores e a qualidade dos serviços", comemora Cristiano Breder, diretor de operações da Provider.
 
Na opinião do executivo, a premiação internacional é muito importante, pois evidencia a qualidade dentro do mercado global. "Sofremos concorrência de todos os lados atualmente e essa iniciativa da premiação nos ajuda a divulgar nossos casos de sucesso com isenção e o máximo de credibilidade. O Brasil tem a sua importância na região e deve buscar seu espaço no cenário regional", esclarece Breder, acrescentando que agora a empresa vai investir na divulgação desse reconhecimento internacional junto aos clientes. "Acredito que vai nos ajudar também no desenvolvimento de novos negócios que temos no Brasil e no Chile."
 
CASE
Com a transformação que o mercado de trabalho está passando, ao valorizar a presença das pessoas acima dos 40 anos, a Provider decidiu ter 10% do quadro efetivo profissionais que estejam entre essa faixa etária. "Identificamos que as pessoas com mais idade são necessárias e fundamentais nesse processo de mudança acelerada vivido nos dias de hoje, pois trazem consigo além da experiência, a tenacidade e habilidade de lidar com as adversidades, compartilhando com os mais jovens um rico conhecimento de vida, onde ambos passam a valorizar a oportunidade de emprego recebida", revela Breder.
 
Por meio de análises quantitativas e qualitativas, entre junho de 2011 e abril de 2012, em uma operação de cobrança com 60 funcionários desse perfil, a empresa registrou melhores indicadores operacionais de absenteísmo, qualidade e produtividade. Os operadores com idade maior ou igual a 40 anos, se comparados àqueles que estão inseridos na faixa etária de 18 à 23 anos, apresentaram melhor percentual de atingimento de meta, maior qualidade no atendimento e até 73,95% menos de absenteísmo.
 
Para o diretor, uma empresa com pessoas novas e dinâmicas mesclada com pessoas maduras, conscientes e experientes, terá resultados de mercado mais expressivos. "Além dos resultados individuais, criamos uma nova referência dentro do grupo para os jovens desenvolverem suas carreiras. O Grupo Provider investe muito em pessoas. Nosso case evidencia essa preocupação e os resultados são fantásticos. Por mais que tenhamos atualmente muita tecnologia à disposição, o fator humano ainda é decisivo no sucesso em nossos negócios", conclui.

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
 
http://callcenter.inf.br/